domingo, 10 de outubro de 2010

Esse diálogo abaixo, é oriundo de uma tentativa de "sexo virtual" entre duas pessoas:

Bem-dotado: Ola, Doçura. Como você é?

Doçura: Eu estou vestindo uma blusa vermelha de seda, uma mini-saia e sapatos altos. Minhas medidas são 36-24-36. Como você é?

Bem-dotado: Eu tenho 1,95cm e tenho 95kg. Uso óculos e estou usando um jeans azul que acabei de comprar. Estou também usando uma camiseta que esta com algumas manchas de molho de tomate da macarronada que jantei... Ela ta cheirando estranho.

Doçura: Eu quero você. Você gostaria de ....?

Bem-dotado: Tudo bem.

Doçura: Estamos no meu quarto. Uma musica bem suave está tocando e tem algumas velas na minha mesinha de cabeceira. Estou olhando para seus olhos, sorrindo. Minha mão esta te acariciando e vai descendo até sua...

Bem-dotado: Estou tremendo. Começo a suar.

Doçura: Estou tirando sua camiseta e beijando seu peito.

Bem-dotado: Agora estou desabotoando sua blusa. Minhas mãos estão tremendo.

Doçura: Estou gemendo suavemente.

Bem-dotado: Estou segurando sua blusa e tirando-a bem devagar.

Doçura: Estou jogando minha cabeça para trás, de prazer. A seda fria escorre pela minha pele quentinha estou puxando e apertando bem forte o que tem dentro da sua cueca.

Bem-dotado: Minha mão move violentamente e sem querer eu rasgo sua blusa, fazendo um buraco nela. Sinto muito.

Doçura: Tudo bem, não era cara mesmo.

Bem-dotado: Eu vou comprar outra.

Doçura: Não se preocupe, eu estou usando um sutiã preto. Meus seios macios sobem e descem à medida que eu vou respirando mais forte.

Bem-dotado: Estou lutando com o fecho do seu sutiã. Eu acho que tá preso. Você tem alguma tesoura?

Doçura: Eu pego sua mão e beijo-a gentilmente. Ponho minhas mãos nas costas e abro o fecho. O sutiã escorrega suavemente pelo meu corpo. O ar acaricia meus seios. Estão eretos pra você.

Bem-dotado: Como você fez isso? Estou pegando o sutiã e verificando o fecho.

Doçura: Estou mostrando minhas costas. Oh meu bem. Eu só quero sentir sua língua por todo meu corpo.

Bem-dotado: Estou jogando o sutiã no chão. Agora estou lambendo seus... Você sabe, seios. Eles são tão bonitinhos!

Doçura: Estou passando minhas mãos pelos seus cabelos. Agora estou brincando com sua orelha.

Bem-dotado: Eu sem querer espirro. Seus seios estão cobertos de saliva e meleca.

Doçura: O que?

Bem-dotado: Sinto muito. Verdade!

Doçura: Estou limpando sua meleca dos meus seios com o que sobrou da minha blusa.

Bem-dotado: Estou tirando a blusa empapada de você e jogo-a no chão. A blusa faz um barulho tipo "plop".

Doçura: Tudo bem. Estou tirando suas calcas e começo a te acariciar.

Bem-dotado: Estou gritando como uma mulher. Suas mãos estão tão frias...Yeeeee!

Doçura: Estou levantando minha mini-saia. Tire minha meia-calça.

Bem-dotado: Estou tirando sua meia-calça. Minha língua esta explorando todo o seu corpo... ummm. Perai um minuto.

Doçura: Qual é o problema?

Bem-dotado: To com um pentelho preso na minha garganta. Estou sufocando.

Doçura: Você está bem?

Bem-dotado: Estou tento uma crise de tosse. To ficando vermelho.

Doçura: Posso ajudar?

Bem-dotado: Estou correndo pra cozinha, completamente sufocado. Estou derrubando tudo no armário, procurando por um copo. Aonde você guarda os copos?

Doçura: No armário à direita da pia.

Bem-dotado: Estou bebendo um copo d'água. Ah... Agora to melhor.

Doçura: Volta pra mim meu amor!

Bem-dotado: To lavando o copo agora.

Doçura: Estou na cama desesperada pra ter você.

Bem-dotado: Estou secando o copo. Agora estou colocando-o de volta ao armário. E agora estou voltando pro quarto. Peraí, ta escuro, to perdido. Aonde é o quarto?

Doçura: Última porta à esquerda, no final do corredor.

Bem-dotado: Encontrei.

Doçura: To tirando suas calcas. To gemendo. Eu te quero tanto.

Bem-dotado: Eu também.

Doçura: Já tirei suas calcas. Eu te beijo apaixonadamente. Nossos corpos nus pressionando um ao outro.

Bem-dotado: Seu rosto esta empurrando meus óculos. Ta machucando meu rosto.

Doçura: Porque você não tira seus óculos?

Bem-dotado: Tudo bem, mas eu não posso ver nada sem eles. Eu os coloco na mesa de cabeceira.

Doçura: Estou toda dobrada sobre a cama. Vem meu bem....

Bem-dotado: Tenho que mijar. Estou cego tentando achar o banheiro.

Doçura: Rápido querido.

Bem-dotado: Eu achei o banheiro e está escuro. Estou procurando o vaso. Eu levanto a tampa.

Doçura: Estou esperando você que nem louca!!!

Bem-dotado: Terminei. Estou procurando a descarga, mas não consigo encontra-la. Uh-oh!

Doçura: Qual é o problema agora?

Bem-dotado: Me dei conta de que mijei dentro do seu cesto de roupa suja. Desculpe de novo. Estou voltando pro quarto agora, cegamente procurando meu caminho.

Doçura: Mmm, sim. Vemmm....

Bem-dotado: Tudo bem. Agora eu estou colocando minha... você sabe..coisa... na sua.. você sabe... coisa de mulher.

Doçura: Sim! Da pra mim meu bem! Faz isso!

Bem-dotado: Estou tocando sua bunda macia. Tão gostoso. Eu beijo seu pescoço. Oh Estou tento um pequeno problema aqui.

Doçura: Estou requebrando, gemendo. Não agüento mais nem um segundo! Vem....! Agora .....!

Bem-dotado: Brochei.

Doçura: O que?

Bem-dotado: Brochei. Não to conseguindo me excitar.

Doçura: Estou me levantando, me virando e te dando aquele olhar fulminante.

Bem-dotado: Estou com aquele triste olhar no meu rosto, todo cismado. Estou colocando meus óculos pra ver o que ta errado.

Doçura: Esquece. Estou me vestindo. Estou colocando minha calcinha. Agora estou colocando minha blusa que esta encharcada e rasgada.

Bem-dotado: Peraí! Agora estou tentando achar a mesa de cabeceira. Estou tateando pelo armário, esbarrando em varias tubos de spray pra cabelo, porta-retratos e velas.

Doçura: Estou abotoando minha blusa. Agora estou colocando meus sapatos.

Bem-dotado: Achei meus óculos. Estou colocando-os. O meu Deus! Uma das velas caiu na cortina. A cortina esta pegando fogo. To apontando pra cortina... um olhar de pânico na minha face.

Doçura: Vai pro inferno! Estou me desconectando, seu babaca!

Bem-dotado: Agora o carpete esta em chamas. Oh nãaaaooo.

Doçura saiu da sala

Nenhum comentário:

Postar um comentário